domingo, 22 de janeiro de 2017

NOTA DOS BISPOS DO MARANHÃO

AOS CRISTÃOS E AOS CIDADÃOS DO MARANHÃO
Quanto a nós, não podemos nos calar sobre o que vimos e ouvimos (At 4, 20).
Nós, bispos do Maranhão, reunidos em Zé Doca, de 16 a 19 de janeiro de 2017, sob a luz do Espírito Santo, queremos manifestar algumas preocupações referentes ao momento atual.
Ouvimos com apreensão os relatos sobre o que está acontecendo nas prisões do país. São sobretudo os jovens que mais sofrem com essa situação. São eles que, em grande parte, superlotam as penitenciárias, sendo que muitos deles nem sequer foram julgados ou sentenciados. O sistema judiciário apresenta-se como funcional ao modelo econômico vigente, contribuindo para um genocídio não declarado.
Neste ano dedicado à juventude, inquietam-nos as consequências que este modelo econômico traz para os jovens do nosso Estado. Quase 500 mil jovens, com idades entre 15 e 29 anos, nem estudam, nem trabalham, nem têm esperança de estudar ou trabalhar e, por isso, nem vão mais à procura de oportunidades. Garantir às novas gerações o direito à educação de qualidade, ao trabalho, ao lazer e à inserção na vida profissional é papel do Estado democrático e este é, certamente, o modo mais eficaz de prevenir a violência crescente.
Constatamos com pesar a expansão do agronegócio, bem visível no programa federal conhecido como MATOPIBA. Apresentado pela mídia como solução mágica para a agricultura do nosso Estado, este programa visa ocupar o que resta de Cerrado do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Tal tipo de expansão do agronegócio destrói modos de vida originários, não visa o bem viver da população, expulsa e exclui milhares de pessoas que viviam da sua produção no campo. O modelo, que se baseia na monocultura da soja, do eucalipto, da cana-de-açúcar e outras culturas, pode até aumentar o Produto Interno Bruto-PIB do Estado. Não contribui, porém, para o crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano-IDH, além de ferir de morte o bioma Cerrado. A Campanha da Fraternidade deste ano nos convida a uma reflexão mais aprofundada sobre este assunto.
Os povos tradicionais – indígenas, quilombolas e afrodescendentes, lavradores e pescadores – têm sido as principais vítimas deste modelo agroexportador. Conforme consta no relatório da Comissão Pastoral da Terra-CPT, em 2016, foram assassinadas 11 lideranças, incluindo indígenas. Ocorreram mais de 300 conflitos agrários, com 139 pessoas ameaçadas, envolvendo 30.691 famílias. O inchamento das cidades, onde há poucas perspectivas de vida para as famílias pobres, é também um dos resultados da violenta agressão aos povos da terra.
Como cristãos, não podemos ficar indiferentes ao que acontece em nossa sociedade. A Igreja não existe para si mesma, mas para o serviço do Reino de Deus e sua Justiça, a fim de que haja pão em todas as mesas e vida em abundância para todos (Jo 10, 10).
Por isso, conclamamos a todos os poderes estabelecidos, também aos novos governos municipais, a unirem-se no esforço de solucionar estes problemas apresentados. As lideranças e cidadãos se envolvam e exijam o funcionamento dos órgãos de controle social e de políticas públicas inclusivas. Pois somente com a participação de todo o povo, o Maranhão que desejamos – mais justo, solidário e pacifico – será possível.
Que o Espírito do Cristo libertador fortaleça nossa esperança na realização desse sonho.
Zé Doca, 19 de janeiro de 2017.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Devotos firmes de São Sebastião de Potó Velho.





















 A comunidade de Potó Velho celebra o seu tradicional festejo de dezenas de anos no espírito das Santas Missões Populares. Parabéns para toda equipe da organização e todos os participantes deste evento religioso tão marcante naquela região! Viva São Sebastião! (Foto: Pe. Frederico)

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Parada na caçada de bandidos no terreno paroquial de São Luís Gonzaga.




























Adultos e principalmente a criançada começam a ver por perto o Helicóptero da Policia, que há uma semana está perseguindo bandidos fugitivos no nosso município depois do assalto frustrado em Bacabal.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Desmonte de decoração natalina

Apesar de muita gente achar que se deve desmontar o presépio e a árvore de Natal no dia da Epifania, mais conhecido como Dia de Reis, em que os “Reis Magos” visitaram o Menino Jesus recém-nascido, não é essa data em que se deve desmontar a árvore e o presépio. O dia de desmontar o Presépio, é sempre no dia seguinte à Solenidade do Batismo de Jesus, quando se encerra o Tempo do Natal. Neste ano, 2017, a festa do Batismo do Senhor será em 09 de janeiro. Desmonte o presépio, portanto, no dia 10. É neste dia que começa o Tempo Comum na Liturgia.

domingo, 1 de janeiro de 2017

sábado, 24 de dezembro de 2016

domingo, 18 de dezembro de 2016

Mais um retiro das Santas Missões Populares.



Mais ou menos 200 pessoas participaram deste retiro numa região meio adormecida. A ressonância, porém, foi muito positiva. Os resultados do encontro bem participado vão aparecer, sem dúvida! Parabéns aos organizadores incansáveis nos seu espírito missionário! Vocês são demais!  

sábado, 10 de dezembro de 2016

50 Anos!

Solenidade de 50 anos de Sacerdócio dos freis Adolfo, Heriberto e Frederico.

É com grande alegria que toda a nossa Província Franciscana de Nossa Senhora da Assunção convida a você a toda a sua família para a celebração eucarística do Jubileu dos 50 anos de Sacerdócio de Fr Heriberto, Fr Adolfo e Fr Frederico.
A se realizar no dia 17 de Dezembro, às 19h, na quadra coberta do Colégio de Nossa Senhora dos Anjos, CONASA, Bacabal, MA! A entrada será pela Rua Magalhães de Almeida!
Convidamos a todos para este momento histórico na vida de nossa Província Franciscana, no seu jubileu de 65 Anos, como também da Diocese de Bacabal, que em 2018 celebrará seus 50 anos de vida e missão!

domingo, 4 de dezembro de 2016

SMP em Santo Antonio do Coque

Mais que 200 pessoas participaram  deste retiro. Os frutos da movimentação das SMP são notáveis em conteúdo e serenidade dos compromissos!


terça-feira, 27 de setembro de 2016

Vamos festejar N. S. Aparecida!

A Igreja no Bairro Novo está em reforma demorada, por isso a realização do festejo de N. S. Aparecida é celebrada na Igreja matriz de São Luís Gonzaga de 08 a 12 de outubro de 2016. Esperamos a participação de toda população católica da cidade e das comunidades vizinhas para as rezas do tríduo. É também um ato de solidariedade e mutirão em ajudar na conclusão das obras. Agradecemos pelo seu espírito comunitário! 

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Nesta vez na Igreja Matriz.

Estamos divulgando o festejo de N. S. Aparecida do Bairro Monte Cristo que neste ano se realizará na Igreja Matriz devido ás reformas atuais no mesmo bairro. Convidamos todos os Gonzaguenses para participar das celebrações da abertura, do tríduo e da festa da Santa em homenagem à Padroeira do nosso Bairro Monte Cristo e do Brasil! Sejam bem-vindos!
Esperamos uma generosa colaboração na parte social (arraial) do festejo para ajudar no projeto das reformas. Sejam todos acompanhados pela prece e intercessão da nossa Mãe eterna!
Em nome da organização da comunidade local e em nome da Paróquia agradecem as equipes responsáveis e o Pároco!

NOITÁRIOS:
08/10-Sábado
18:00 Procissão do
Bairro Novo p/Matriz
Missa de Abertura
Resp.: Terço dos Homens e
CEB´s vizinhas
09/10-Domingo
19:30 Missa e Tríduo
Resp.: Legião de Maria e
Bairro do Campo
10/10-Segunda-feira
19:30 Missa e Tríduo
Resp.: JOCAF, Coral
e Acólitos

11/10-Terça-feira
19:30 Missa e Tríduo
Resp.: Legião de Maria e
Bairro
12/10-Quarta-feira
09:00 Missa
18:00 Procissão pela cidade
Resp.: RCC, Catequese,
Liturgia e todos os Paroquianos


Um bom festejo
para todos!

A foto acima mostra o projeto das reformas da Igreja do Bairro Novo. Fora das dívidas na construtora faltam: torre, reboco, piso da igreja, janelas, portas, grades, instalação do banheiro e fossa e instalação de energia dentro do prédio e etc.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Vem aí o quinto bingão da Paróquia São Luís Gonzaga!

Total de 15 prêmios em 7 batidas! Locais de venda das cartelas: Secretaria Paroquial, Papelaria H. Moraes e representantes das pastorais e comunidades. Boa sorte e obrigado aos doadores dos prêmios e a todos os compradores das cartelas!

domingo, 17 de julho de 2016

domingo, 26 de junho de 2016

terça-feira, 21 de junho de 2016

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...